SECRETARIA DE SAÚDE

A Secretaria de Saúde do Recife estará presente no Carnaval do Recife, oferecendo serviços de prevenção e de assistência à população. Ao todo, são mais de três mil profissionais de várias áreas escalados para garantir a saúde de quem vai se divertir. Confira o esquema preparado para funcionar até a Quarta-Feira de Cinzas (26):

Vigilância em Saúde/ Coronavírus

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) estará a postos 24 horas por dia durante os dias da folia de Momo, com equipe de plantão para realizar o monitoramento e investigação de casos de doenças de interesse à saúde pública, tentando conter, com agilidade, a transmissão de doenças e a ocorrência de surtos. Durante o Carnaval, a atenção é redobrada por causa do grande fluxo de turistas no Recife, que podem trazer vírus típicos das cidades onde moram e que comumente não circulam na capital pernambucana. Este ano, há uma atenção especial por causa do risco de chegada do novo coronavírus.

Desde o fim de janeiro, a Secretaria de Saúde do Recife promove capacitações sobre o coronavírus para os profissionais da Atenção Básica, Média e Alta Complexidade e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além dos núcleos de epidemiologia das unidades de saúde municipais e privadas. De olho no aumento do número de turistas na capital pernambucana por causa do período carnavalesco, também serão dadas orientações para os profissionais da Secretaria de Turismo Esportes e Lazer do Recife (Seturel), representantes do trade turístico, do sindicato dos taxistas e da UBER/ 99.

A Secretaria Municipal de Saúde também está produzindo banners, cartazes e folders para os serviços de saúde e população em geral, incluindo informativos para viajantes em português, inglês, espanhol e mandarim.

Saúde do Trabalhador

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest Regional Recife) realizará capacitação em Saúde e Segurança do trabalhador para os comerciantes informais que trabalharão durante o período carnavalesco, nos polos do Recife. A capacitação será realizada juntamente com a da Vigilância Sanitária.

Prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/Aids)

Durante a festa, serão distribuídos 800 mil preservativos masculinos, 15 mil preservativos femininos e 15 mil unidades de gel lubrificante, além de material educativo. A população poderá realizar testagens para HIV, Sífilis e Hepatites B e C nos polos da Praça do Arsenal e do Ibura, das 18h às 23h30. O Polo Arsenal funcionará da quinta-feira (20) até a terça (25). O Polo Ibura funcionará de domingo (23) até a Quarta-feira de Cinzas (26). A estimativa é testar 100 foliões por noite em cada polo. Os resultados serão emitidos em 30 minutos e entregues aos usuários individualmente, mediante aconselhamento por profissional capacitado.

Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária inicia suas atividades voltadas ao Carnaval 2020 com a capacitação em “Boas práticas de manipulação de alimentos” para os comerciantes informais que são cadastrados na Diretoria Executiva de Controle Urbano do Recife (Dircon). Durante as semanas pré-carnavalescas, há uma intensificação das inspeções sanitárias no comércio formal de alimentos situados no Centro do Recife.

No período carnavalesco, serão realizadas inspeções sanitárias nos comércios de alimentos formais, informais padronizados e ambulantes. No dia do Galo da Madrugada, serão feitas inspeções nos camarotes, trios elétricos, postos de saúde e ambulâncias.

Haverá ainda um estande da Secretaria de Saúde na Praça do Arsenal, onde equipes da Vigilância Sanitária receberão denúncias e orientarão a população sobre o consumo seguro de alimentos e recomendações para o comércio informal de alimentos.

Vigilância Ambiental

Equipes da Vigilância Ambiental intensificaram, desde o início de janeiro, as ações de vigilância e controle em áreas onde serão instalados os polos carnavalescos, assim como nos mercados públicos e pontos turísticos, como a orla da Praia de Boa Viagem, onde o fluxo de pessoas é grande. O objetivo é minimizar e eliminar a presença de animais vetores de doenças.

Atividades da Vigilância Ambiental:

– Controle de vetores:

. Ações de vigilância e controle de mosquitos nos polos de animação e imóveis vizinhos aos locais dos eventos e inspeção nos locais considerados estratégicos, como porto, aeroporto, rodoviária, policlínicas, unidades de pronto atendimento, hospitais e pontos turísticos da cidade, realizando atividades de prevenção e eliminação de criadouros reais e potenciais;

. Intensificação e diversificação das ovitrampas (armadilhas de oviposição) para o monitoramento do controle populacional do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, chikungunya e zika. Os locais de intervenção incluem o percurso do Galo da Madrugada, unidades de saúde e polos carnavalescos descentralizados.

. Ações de educação e saúde para orientação sobre as principais medidas sanitárias para o combate ao mosquito.

– Controle de animais sinantrópicos

. Ações de controle de roedores, animais peçonhentos e outros, por meio da antirratização, desratização e desinsetização nos polos de animação, mercados públicos e outras áreas de grande circulação de pessoas;

. Articulação com a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) para remoção de lixo em pontos críticos;

. Ações de educação em saúde para orientação sobre as principais medidas sanitárias para evitar a presença de animais sinantrópicos, minimizando risco de leptospirose e de acidentes com escorpião.

– Controle da qualidade da água

. Monitoramento da qualidade da água através de parâmetros físicos, químicos e microbiológicos;

. Articulação com a Compesa para correção das possíveis inconsistências detectadas;. Ações de educação em saúde para orientação sobre as principais medidas sanitárias para a utilização segura da água.

– Controle de zoonoses

Plantão na Unidade de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses (UVACZ), durante todo o período carnavalesco, garantindo a vigilância dos animais envolvidos em casos de zoonoses.

 Samu

Durante todo o Carnaval, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) contará com um posto avançado na Avenida Alfredo Lisboa, no Bairro do Recife, próximo ao Museu Cais do Sertão, em frente ao Armazém 10, iniciando as atividades às 19h e encerrando sempre uma hora após o término das apresentações no palco principal. A equipe que atuará neste posto será composta por dois médicos, dois enfermeiros e dois técnicos de enfermagem, além de contar com o apoio de duas viaturas, sendo uma de suporte avançado e uma de suporte básico.

Na Avenida Marquês de Olinda, ainda serão posicionadas três ambulâncias de suporte básico para atendimentos mais ao sul do palco do Marco Zero, facilitando o acesso ao serviço pelos foliões.

Cerca de 35 socorristas também farão rondas em motocicletas durante todos os dias de carnaval, nos polos infantis (durante o dia) e no Bairro do Recife (à noite).

Durante todo o Carnaval, o Samu também disponibilizará cinco ambulâncias de suporte básico para os cinco Distritos Sanitários que terão polos de animação descentralizados. Nos dias de folia, a população ainda poderá acionar a assistência pré-hospitalar a qualquer momento pelo telefone 192.

Samu no Galo da Madrugada

Durante o desfile do Galo da Madrugada, o Samu terá cinco postos montados em locais estratégicos do percurso do bloco, a partir das 7h até o término do desfile. Os postos estarão na Praça Sérgio Loreto, no Pátio do Carmo, na Avenida Dantas Barreto (em frente ao Edifício San Rafael), Rua do Sol (esquina com Matias de Albuquerque) e Rua 1º de Março (Policlínica Centro). Cada posto terá uma ambulância de suporte básico, três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem. Também estará de prontidão uma ambulância de suporte avançado. Equipes de motosocorristas farão atendimentos durante todo o desfile do bloco.

Pontos de bases do Samu:

DATALOCALHORÁRIOEQUIPAMENTO E EQUIPE
21 a 25/02Avenida Alfredo Lisboa, no Bairro do Recife. A base fica ao lado do Marco Zero, em frente ao Armazém 10Vai funcionar das 19h até uma hora após o término das apresentações no
palco principal
Uma ambulância de suporte básico e uma de suporte avançado (com equipamentos de UTI), com dois médicos, dois enfermeiros e dois técnicos de enfermagem.
Galo – Sábado 22/2Praça Sérgio LoretoDas 7h até o término do desfile do Galo da MadrugadaUma ambulância de suporte básico com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Na Praça Sérgio Loreto, haverá apoio de uma viatura de suporte avançado, com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Pátio do CarmoDas 7h até o término do desfile do Galo da MadrugadaUma ambulância de suporte básico com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Avenida Dantas Barreto (em frente ao Edifício San Rafael)Das 7h até o término do desfile do Galo da MadrugadaUma ambulância de suporte básico com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Rua Matias de Albuquerque (calçada do Edifício Trianon)Das 7h até 0hUma ambulância de suporte básico com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Pracinha do DiárioDas 7h até o término do desfile do Galo da MadrugadaUma ambulância de suporte básico com três médicos, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.
Estação Central do Metrô, no bairro de São JoséDas 7h até o término do desfile do Galo da MadrugadaVai funcionar como heliponto

Saúde Mental, Álcool e outras Drogas

A Gerência de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas executará a estratégia da Política de Redução de Danos no Consumo de Álcool, Fumo e Outras Drogas nos polos de Carnaval, com intervenções educativas e distribuição de insumos para os foliões. Cerca de 150 agentes redutores de danos vão fazer abordagens, entrega de preservativos masculinos, camisinhas femininas e gel lubrificante, além de troca de garrafas de vidro por plásticas. Mais de 20 arte-educadores apresentarão esquetes teatrais sobre a política de redução de danos no consumo de álcool, fumo, crack e outras drogas. Eles também serão capacitados para dar orientações sobre o coronavirus.

DISTRIBUIÇÃO DE INSUMOS
Pulseira de identificação para crianças2,5 mil
Porta-tudo30 mil
Água mineral (copo 200ml)8 mil
Garrafa plástica18 mil

ASSISTÊNCIA À SAÚDE

ESPECIALIDADELOCALENDEREÇO
 

CLÍNICA MÉDICA

 

 

 

 

 

 

 

SUTURA

Policlínica Agamenon MagalhãesAv. Sul, s/n – Afogados (próximo ao Metrô – estação Largo da Paz)
Policlínica Dr. Amaury CoutinhoRua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Prof. Arnaldo MarquesAv. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Prof. Barros Lima

Policlínica Dr.
Amaury Coutinho

Av. Norte, 6465 – Casa Amarela

Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto

 

PARTO/MATERNIDADE

Maternidade Professor Bandeira FilhoRua Londrina, s/n – Afogados
Maternidade e Policlínica Prof. Barros LimaAv. Norte, 6465 – Casa Amarela
Policlínica e Maternidade Professor Arnaldo
Marques

Hospital da Mulher do
Recife

Av. Dois Rios, s/n – Ibura

BR-101, s/n – Curado

 

ODONTOLOGIA

Policlínica Agamenon MagalhãesAv. Sul, s/n – Afogados (próximo ao Metrô – estação Largo da Paz)
Policlínica Professor Arnaldo MarquesAv. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Professor
Barros Lima
Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
 

PEDIATRIA

Hospital Pediátrico
Helena Moura
Rua Cônego Barata, s/n – Tamarineira
Hospital Pediátrico
Maria Cravo Gama
Av. Recife, 810 – Estância
Policlínica Dr.
Amaury Coutinho
Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Professor Arnaldo MarquesAv. Dois  Rios, s/n – Ibura
Policlínica Professor
Barros Lima
Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
 TRAUMATO-ORTOPEDIAPoliclínica Dr.
Amaury Coutinho
Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
SORO ANTIRRÁBICO

**sábado e domingo

8h às 12h

Maternidade e Policlínica Prof. Barros LimaAv. Norte, 6465 – Casa Amarela
VACINA ANTIRRÁBICA

**sábado e domingo (doses subsequentes)

8h às 12h

Policlínica Lessa de AndradeEstr. dos Remédios, 2416 – Madalena
PEQUENAS URGÊNCIAS

(Tonturas, vômitos, dores abdominais, diarreia, febre, viroses, dores de ouvido, crises leves de asma, ferimentos superficiais, resfriados, gripes, dores no peito, manchas no corpo, dores de garganta)

Obs: somente para a população cadastrada (Estratégia de Saúde da Família)

Upinha 24h Prof. Dr. Moacyr André GomesAvenida Norte, 5400, Morro da Conceição/ Casa Amarela (em frente à Praça do Trabalho)
Upinha 24h Prof. Dr. Hélio MendonçaAvenida da Recuperação, 6426, Córrego do Jenipapo
USF Upinha 24h Dra. Fernanda WanderleyRua Uriel de Holanda, S/N, Linha do Tiro
Upinha 24h Governador Eduardo CamposRua Itabira, s/n, Bomba do Hemetério
 

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Centro de Atenção à Mulher Vítima de Violência – Sony Santos (Hospital da Mulher do Recife)BR-101, s/n – Curado
Maternidade Professor Bandeira FilhoRua Londrina, s/n – Afogados
Maternidade e Policlínica Prof. Barros LimaAv. Norte, 6465 – Casa Amarela
Policlínica Professor Arnaldo MarquesAv. Dois Rios, s/n – Ibura

DESINTOXICAÇÃO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS – UNIDADES DE SAÚDE DO RECIFE

LOCALENDEREÇO
Policlínica Agamenon MagalhãesAv. Sul, s/n – Afogados (Próximo ao metrô / Estação Largo da Paz)
Policlínica Amaury CoutinhoRua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Prof. Arnaldo MarquesAv. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Prof. Barros LimaAv. Norte, nº 6465 – Casa Amarela

INTOXICAÇÃO EXÓGENA OU ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS (CASOS REFERENCIADOS PELO CEATOX 24 HORAS NO TELEFONE 0800 722 6001)

LOCALENDEREÇO
Policlínica Agamenon MagalhãesAv. Sul, s/n – Afogados (Próximo ao metrô / Estação Largo da Paz)
Policlínica Amaury CoutinhoRua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Prof. Arnaldo MarquesAv. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Prof. Barros LimaAv. Norte, nº 6465 – Casa Amarela