Para o Carnaval 2020, a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) disciplinou o comércio informal e o controle urbano. O trabalho de ordenamento começou ainda antes do período momesco, com o  cadastramento de mais de 570 blocos e troças que desfilam na semana pré, durante o carnaval e na semana pós. Já entre a sexta-feira (21) e a madrugada da Quarta de Cinzas, a fiscalização será feita 24h por dia. O objetivo do trabalho é garantir a mobilidade do folião e o ordenamento da festa. Ainda antes de começar a folia no Bairro do Recife, fiscais vistoriaram imóveis por danos estruturais ou documentação irregular.

Para garantir a organização do carnaval, mais de 516 fiscais da Semoc realizaram monitoramento durante o período pré, durante e pós carnavalesco, no Bairro do Recife e nos demais polos do centro. Bares e restaurantes também serão fiscalizados, para não ocuparem os passeios públicos de maneira desordenada e atrapalhar os foliões.