SAÚDE

Vigilância Sanitária – As ações de vigilância começam desde a semana pré-carnavalesca até o último dia de Carnaval. Serão desenvolvidas atividades de educação sanitária e inspeções preventivas. Entre elas, está a intensificação das inspeções sanitárias nos clubes, comércio formal de alimentos (bares, restaurantes, lanchonetes), unidades de saúde municipais e drogarias localizadas próximas aos polos de animação, em hotéis, motéis e pousadas, priorizando os locais onde haverá maior fluxo turístico.

Além disso, haverá capacitação do comércio informal de alimentos (barraqueiros) que estarão instalados nos polos de animação. Serão feitas, ainda, inspeções nos postos de saúde montados para o evento e nos camarotes instalados em todo o trajeto do bloco Galo da Madrugada, a fim de verificar as condições sanitárias do local, bem como a qualidade dos alimentos e dos serviços de saúde fornecidos.

Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) estará a postos 24h por dia durante os dias da folia de Momo para realizar o monitoramento e investigação de casos e surtos de interesse à saúde pública. Os plantonistas atuarão em possíveis ocorrências de surtos de infecção alimentar ou casos suspeitos de meningite, sarampo e arboviroses, dentre outras doenças e agravos de notificação imediata.

Prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids) – Será disponibilizado para a população testagens para HIV, nos polos Arsenal e Ibura, das 18h às 24h. O Polo Arsenal funcionará da sexta-feira (24/02) até a terça (28/02). O Polo Ibura funcionará de segunda (27/02) até a quarta-feira de cinzas (01/03), quando serão realizadas as testagens durante o evento “Cinzas da Diversidade”. A estimativa é testar 50 foliões por noite em cada polo, com os testes anti HIV. Os resultados serão emitidos em 30 minutos e entregues aos usuários individualmente, mediante aconselhamento por profissional capacitado.  Atuarão 26 profissionais por noite, em parceria com os agentes redutores de danos para a Prevenção ao Álcool e outras Drogas e para a conscientização do folião e incentivo ao uso de preservativos, com expectativa de distribuição de 800.000 preservativos masculinos, 15.000 preservativos femininos e 15.000 unidades de gel lubrificante.

Enfrentamento ao Aedes aegypti – O combate ao mosquito Aedes aegypti ganha um reforço no período de Carnaval. As ações de combate ao mosquito que transmite dengue, chikungunya e zika terão início duas semanas antes dos festejos e seguem até o último dia da festa, sem interrupção durante os dias de feriado, e acontecerão em várias áreas da cidade, sobretudo em pontos estratégicos.

A partir do reforço nas inspeções, o Terminal Integrado de Passageiros (TIP), aeroporto, metrô, hotéis da orla de Boa Viagem e os locais de grande aglomeração de pessoas, como Recife Antigo e demais áreas da Região Central da cidade serão vistoriadas por duas equipes de agentes de saúde ambiental e controle de endemias (asaces). Além disso, os mercados públicos, feiras e o trajeto do Galo da Madrugada vão ter as inspeções intensificadas.

Esses locais receberão agentes que vão atuar na eliminação de possíveis criadouros de mosquitos, como o tratamento focal (com larvicida biológico), aspiração mecânica do mosquito e pulverização de inseticida químico em áreas de risco, além do recolhimento de pneus e mutirões de limpeza, que estão sendo realizados em parceria com a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb). O Centro de Vigilância Ambiental (CVA) disponibilizará equipes de plantonistas visando o controle de zoonoses e o atendimento a possíveis emergências em saúde pública, controle de roedores, escorpiões e outros vetores.

Saúde Mental, Álcool e outras Drogas – A Gerência de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas executará a estratégia da Política de Redução de Danos no Consumo de Álcool, Fumo e Outras Drogas durante o Carnaval, com intervenções educativas e distribuição de insumos para os foliões. Serão realizadas abordagens por agentes redutores de danos e encenação de arte-educadores, estimulando a adoção de medidas preventivas, relacionadas aos comportamentos de risco dos usuários de drogas, sem abrir mão da diversão. Este ano, os profissionais também farão abordagem sobre enfrentamento ao mosquito da dengue.

 LOCAIS DE ATUAÇÃO

–           Polos Oficiais (15h às 24h): Arsenal e Cuide-se;

–           Polo Descentralizado (18h às 2h): Ibura;

–           Polos móveis: Nova Descoberta, Várzea, Jardim São Paulo;

–           Polinhos (18h às 2h): Joana Bezerra, Coelhos, Santo Amaro (corredor), Linha do Tiro, Guabiraba, Córrego do Eucalipto, Córrego do Inácio, Alto do Mandú, Sítio dos Pintos, Iputinga, Roda de Fogo, Mustardinha, Bola na Rede, Passarinho, UR5, UR7, Jordão Baixo, Afogados, Mustardinha, Bongi, Prado (Rua da Lama), Jiquiá, Areias, Coqueiral, Av. Do Forte, Pátio do Terço (Forte das 5 pontas), Dois Unidos, Vila dos Comerciários, Mangabeira, Vasco da Gama, Bola na Rede, Torre, San Martin, Vila Tamandaré, Areias, Barro, IPSEP, Jordão Alto.

EQUIPES – Polo Oficial e Cuide-se02  equipes em cada local, totalizando 36 agentes redutores de danos, fazendo abordagem, entrega de insumos e troca de garrafas de vidro por plásticas, no horário de 15h às 24h.

Polo descentralizado01 equipe com 08 agentes redutores de danos fazendo abordagem, entrega de insumos e troca de garrafas de vidro por plásticas no horário das 18h às 24h.

Polos móveis: cada um com 01 equipe de 08 agentes redutores de danostotalizando 24 profissionais, fazendo abordagem, entrega de insumos e troca de garrafas de vidro por plásticas no horário de 18h às 24h.

Polos comunitários: 03 esquetes teatrais abordando temas como consumo de álcool, fumo, crack e outras drogas, envolvendo 21 arte-educadores.

AÇÕES / ATIVIDADES

– Entrega de insumos (camisinhas masculinas, camisinhas femininas e gel lubrificante) e troca de garrafas de vidro por plásticas nos polos;

– Apresentações teatrais para divulgação de informações preventivas com foco na promoção à saúde, redução de danos no uso do álcool e outras drogas e segurança no trânsito. As ações acontecerão no Baile Municipal, Baile dos Artistas, Baile Perfumado e palcos dos pólos oficiais e comunitários no intervalo dos shows musicais. Durante os dias do Carnaval, as apresentações acontecerão todos os dias entre 17h e 02h;

– Distribuição de preservativos, gel lubrificante, materiais de divulgação e garrafas plásticas aos vários tipos de agremiações carnavalescas (clubes de frevo, blocos, troças, maracatus, escolas de samba, etc.) na semana anterior ao Carnaval em parceria com os Distritos Sanitários;

– Atuação no desfile do Galo da Madrugada (sábado pela manhã) com distribuição de insumos de prevenção e realizando substituições de garrafas de vidro por garrafas plásticas (ação conjunta com a Polícia Militar) das 06h às 12h nas principais vias de acesso (Forte das Cinco Pontas, Praça Sérgio Loreto, Ponte Duarte Coelho) e junto aos locais de barreiras da Vigilância Sanitária: Ponte Princesa Isabel; Ponte Duarte Coelho; Av. Sul e Estação Central do Metrô;

– Campanha publicitária sobre promoção à saúde e redução de danos no uso do álcool e outras drogas, com utilização de blimps (balões publicitários) e cartazes a serem fixados nos ônibus e metrô.

DISTRIBUIÇÃO DE INSUMOS

DESCRIÇÃO QUANTIDADE
Pulseira de identificação para crianças 5.000
Porta-tudo 60.000
Leque 30.000
Água mineral (copo 200ml) 8.000
Cartaz 1.500
Garrafa (1lt)

Garrafa (500ml)

15.000

45.000


SAMU
– O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) vai estar presente em diversos polos de animação para garantir maior rapidez caso seja necessário um atendimento de urgência. Durante todo o Carnaval, o SAMU contará com um posto de saúde avançado na Avenida Alfredo Lisboa, no Bairro do Recife, próximo ao Museu Cais do Sertão, em frente ao Armazém 10, iniciando as atividades às 19h e encerrando sempre 01 hora após o termino das apresentações no palco principal. A equipe que atuará neste posto será composta por 02 médicos, 02 enfermeiros e 02 técnicos de enfermagem, além do apoio de 02 viaturas, sendo 01 de suporte avançado e 01 de suporte básico. Durante todo o Carnaval o SAMU também disponibilizará 05 ambulâncias de suporte básico para os 05 Distritos Sanitários que terão polos de animação descentralizados. Durante o Carnaval, a população ainda poderá acionar a assistência pré-hospitalar a qualquer momento pelo telefone 192.

SAMU no Galo da Madrugada

Durante o desfile do Galo da Madrugada, o SAMU terá 05 postos montados em locais estratégicos do percurso do bloco, a partir das 8h até o término do desfile. Os postos estarão na Praça Sérgio Loreto, no Pátio do Carmo, na Avenida Dantas Barreto (em frente ao Edifício San Rafael), Rua do Sol (esquina com Matias de Albuquerque) e Rua 1º de Março (Policlínica Centro). Cada posto terá uma ambulância de suporte básico. Cada posto terá 03 médicos, 03 enfermeiros e 05 técnicos de enfermagem. Também estará de prontidão 01 ambulância de suporte avançado.

Pontos de bases do SAMU

DATA LOCAL HORÁRIO EQUIPAMENTO
05/02 a 09/02 Avenida Alfredo Lisboa, no Bairro do Recife. A base fica ao lado do Marco Zero da capital, em frente ao Armazém 10 Vai funcionar das 19h até 01 hora após o termino das apresentações no palco principal Uma ambulância de suporte básico

Outra de suporte avançado (com equipamentos de UTI).

02 médicos, 02 enfermeiros e 02 téc. de enfermagem.

Galo – Sábado dia 06/02 Praça Sérgio Loreto Das 7h até o término do desfile do Galo da Madrugada Uma ambulância de suporte básico.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Das 7h até o termino do desfile do Galo da Madrugada Na Praça Sérgio Loreto, terá apoio de uma viatura de suporte avançado.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Pátio do Carmo Das 7h até o término do desfile do Galo da Madrugada Uma ambulância de suporte básico.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Avenida Dantas Barreto (em frente ao Edifício San Rafael) Das 7h até o término do desfile do Galo da Madrugada Uma ambulância de suporte básico.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Rua Matias de Albuquerque (calçada do Edifício Trianon) Das 7h até 0h Uma ambulância de suporte básico.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Pracinha do Diário Das 7h até o término do desfile do Galo da Madrugada Uma ambulância de suporte básico.

03 médicos, 03 enfermeiros e 05 téc. de enfermagem.

Estação Central do Metrô, no bairro de São José Das 7h até o término do desfile do Galo da Madrugada Vai funcionar como heliponto

 

Durante o Carnaval, a população ainda poderá acionar a assistência pré-hospitalar a qualquer momento pelo telefone 192.

 

ASSISTÊNCIA (ATENÇÃO À SAÚDE)

ESPECIALIDADE LOCAL ENDEREÇO
CLÍNICA MÉDICA Policlínica Agamenon Magalhães Av. Sul, s/n – Afogados (próximo ao Metrô – estação Largo da Paz)
Policlínica Dr. Amaury Coutinho Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Prof. Arnaldo Marques Av. Dois  Rios, s/n – Ibura
Policlínica Prof. Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
PARTO/MATERNIDADE Maternidade Professor Bandeira Filho Rua Londrina, s/n – Afogados
Maternidade e Policlínica Prof. Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
Policlínica Professor Arnaldo Marques Av. Dois Rios, s/n – Ibura
ODONTOLOGIA Policlínica Agamenon Magalhães Av. Sul, s/n – Afogados (próximo ao Metrô – estação Largo da Paz)
Policlínica Professor Arnaldo Marques Av. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Professor Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
PEDIATRIA Hospital Pediátrico Helena Moura Rua Cônego Barata, s/n – Tamarineira
Policlínica Dr. Amaury Coutinho Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Professor Arnaldo Marques Av. Dois  Rios, s/n – Ibura
Policlínica Professor Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
TRAUMATO-ORTOPEDIA Policlínica Dr. Amaury Coutinho Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
SORO ANTIRRÁBICO

**sábado e domingo –

das 8h às 12h

Maternidade e Policlínica Prof. Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
PEQUENAS URGÊNCIAS

(tonturas, vômitos, dores abdominais, diarréia, febre, viroses, dores de ouvido, crises leves de asma, ferimentos superficiais, resfriados, gripes, dores no peito, manchas no corpo, dores de garganta)

Obs.: somente para a população cadastrada (Estratégia de Saúde da Família)

USF Upinha 24h Prof. Dr. Moacyr

André Gomes (Morro da Conceição)

Avenida Norte, 5400, Casa Amarela, Recife-PE (Em frente à Praça do Trabalho)
USF Upinha 24h Prof. Dr. Hélio Mendonça (Córrego do Jenipapo) Avenida da Recuperação, 6426, Córrego do Jenipapo
USF Upinha 24h Dra. Fernanda Wanderley (Linha do Tiro) Rua Uriel de Holanda, S/N, Linha do Tiro
USF Upinha 24h Governador Eduardo Campos

(Bomba do Hemetério)

Rua Itabira, s/n, Bomba do Hemetério

 

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER Centro de Atenção à Mulher Vítima de Violência – Sony Santos (Hospital da Mulher do Recife) BR-101, s/n – Curado
Maternidade Professor Bandeira Filho Rua Londrina, s/n – Afogados
Maternidade e Policlínica Prof. Barros Lima Av. Norte, 6465 – Casa Amarela
Policlínica Professor Arnaldo Marques Av. Dois Rios, s/n – Ibura

 

DESINTOXICAÇÃO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS – UNIDADES DE SAÚDE DO RECIFE

LOCAL ENDEREÇO
Policlínica Agamenon Magalhães Av. Sul, s/n – Afogados (Próximo ao metrô / Estação Largo da Paz)
Policlínica Amaury Coutinho Rua Iguatu, s/n – Campina do Barreto
Policlínica Profº Arnaldo Marques Av. Dois Rios, s/n – Ibura
Policlínica Profº Barros Lima Av. Norte, nº 6465 – Casa Amarela


Febre Amarela
–  A Prefeitura do Recife intensificou medidas de educação e prevenção contra febre amarela. Ao todo, 500 profissionais que atuam em unidades com serviço de pronto atendimento da rede municipal, incluindo policlínicas e o Hospital Pediátrico Helena Moura, começaram a receber capacitação para identificar possíveis casos da doença, bem como notificá-los imediatamente ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde. O Cievs estará a postos 24h por dia durante os dias da folia para garantir o monitoramento e investigação de casos.

Medidas de controle – As medidas de controle do mosquito Aedes aegypti serão reforçadas uma semana antes do início da festa. Nos locais com grande aglomeração de pessoas haverá reforço nas ações de combate ao transmissor da dengue, chikungunya e zika. Uma delas será nas ruas pelas quais passa o Galo da Madrugada, onde a Vigilância Ambiental fará aplicação de fumacê para eliminar os mosquitos adultos. O trabalho dos agentes de saúde ambiental e controle de endemias (asaces) também se estenderá pelo Bairro do Recife, foco principal do Carnaval na cidade. É nesta mesma região onde está localizado o Porto do Recife, por onde entra parte dos turistas, por isso, o local, bem como o aeroporto, Terminal Integrado de Passageiros, considerados pontos estratégicos, vão receber ação educativa e de controle. Serão distribuídos folders bilíngues para orientação sobre a doença para os foliões.

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, de curta duração (no máximo 12 dias), de gravidade variável, causada por um vírus transmitido por vetores. A forma grave caracteriza-se clinicamente por manifestações de insuficiência hepática e renal, que podem levar à morte.Os sintomas iniciais da febre amarela incluem febre de início súbito, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Não existe um tratamento específico para a doença. O paciente deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e perdas sanguíneas quando necessário. Ao aparecimento dos primeiros sintomas, a orientação é procurar uma unidade de saúde mais próxima e informar sobre qualquer viagem para áreas de risco nos 15 dias anteriores. A doença não é contagiosa, ou seja, não há transmissão de pessoa a pessoa. É transmitida somente pela picada de mosquitos infectados com o vírus.