CLUBE DE FREVO

Os Clubes de Frevo têm suas origens nas corporações profissionais existentes no Recife das últimas décadas do século XIX. Na véspera do Dia de Reis, alguns membros dessas corporações não trabalhavam e, reunidos, formam um alegre e numeroso cortejo. Posteriormente denominados Clubes Pedestres, desfilam pelas ruas e becos das freguesias do Recife: Santo Antônio, São José e Boa Vista.

Entre esses Clubes destacam-se: Caiadores, Vassourinhas, Cana Verde, Clube das Pás de Carvão, compostos por trabalhadores assalariados, pequenos comerciantes, capoeiras, vendedores ambulantes, prostitutas, entre outros grupos sociais. Essa forma de brincar o Carnaval revela como as camadas populares criam e desenvolvem formas de participar dos festejos de Momo na cidade.

Nos anos de 1960, os Clubes Pedestres perdem essa denominação e passam a se chamar Clubes de Frevo. Assim, reelaboram sua estrutura, coreografias e incorporam novos personagem e elementos. Das organizações anteriores, conservam o uso de Estandartes (uma espécie de Bandeira com o nome e com as cores da agremiação, o símbolo, o ano de sua fundação e o ano do desfile) e de figuras como o Morcego, a Morte e o Diabo, herança das procissões católicas realizadas no período colonial. Os Capoeiras, também conhecidos como brabos ou valentões, vinham à frente dos cortejos e foram substituídos por grupos de passistas; ao passo que as bandas militares cedem lugar para as orquestras de metais, executando hinos e músicas pertencentes ao repertório de cada agremiação.

Os Clubes geralmente se apresentam com a seguinte formação: Faixa ou Abre-alas, Diretoria, Balizas-puxantes, Damas de frente, Destaques, Cordões, Porta-estandarte, Passistas, Orquestras e, em alguns grupos, carros alegóricos.

CLUBE CARNAVALESCO MISTO BOLA DE OURO

Fundado em 15 de setembro de 1915, recebeu o nome da rua onde foi criado- Rua da Bola- em Santo Amaro. Conta-se que existiam duas agremiações nesse bairro, o Bola de Ouro e o Bola de Prata, mas uma divergência fez com que o Bola de Prata não saísse mais no carnaval, restando apenas o Bola de Ouro para alegrar o carnaval da comunidade.

Depois de um longo período desativado, volta a desfilar no carnaval em 1987, quando Luiza Ramalho assume a presidência do clube. Sob seu comando, o Bola foi transferido para o bairro de São José, onde hoje se localiza.

O Clube participa ativamente do Concurso de Agremiações Carnavalescas e acumula inúmeros títulos de Campeão do Carnaval. Foi homenageado no carnaval de 2015, quando completou 100 anos de existência. A Agremiação tem uma bola dourada como símbolo e suas cores oficiais são a amarela e a preta. Seu atual presidente é Robevaldo Lopes Ramalho, filho de Luiza, falecida em 2015.

Endereço: Avenida Dantas Barreto, 1.227, bairro de São José, Recife

Contatos: Robevaldo (81) 98839.2730 / Glaucia 98847.0973

Email: robevaldoramalho@hotmail.com

CLUBE CARNAVALESCO MISTO GIRAFA EM FOLIA

Fundado inicialmente como uma Troça, em 7 de maio de 1960, seu nome surgiu em razão de um fato pitoresco. Seu fundador, José Aluízio Vieira, que trabalhava em uma loja chamada Girafa Tecidos, tinha, coincidentemente uma estatura bastante elevada, o que terminou por lhe render o apelido de girafa. Ao fundar a agremiação, veio-lhe então a ideia de denominá-la Girafa em Folia.

As cores oficiais do Clube são a amarela e a preta (cores que remetem às do animal) e tem a girafa como seu símbolo, aparecendo no estandarte rodeada de confetes e serpentinas. A Agremiação ainda possui músicas próprias como O Regresso e No Passo da Girafa, ambas do Maestro Nunes.

A Troça Girafa em Folia foi criada no bairro de Guadalupe em Olinda; contudo, hoje se localiza no bairro da Mangueira, no Recife, onde mora sua atual presidente Adriana Pereira

Batista. Além de desfilar no carnaval do Recife, o Clube se apresenta na comunidade em uma prévia que acontece dias antes do carnaval.

Endereço: Rua Aurino Eutiquio da Rocha, 46 A, bairro da Mangueira, Recife

Contato: (81) 99975.7445 / 99385.3721

CLUBE CARNAVALESCO MISTO LENHADORES

Fundado em 05 de março de 1897, O Clube Carnavalesco Misto Lenhadores nasceu de uma dissidência entre os sócios do Clube das Pás, gerada por alguns integrantes que estavam contrariados pelo fato de que neste último ano as mulheres vinham exercendo uma participação muito significativa na agremiação. Um dos fundadores, Juvenal Brasil, sugeriu o nome machadinhas; no entanto, os demais optaram por lenhadores, trabalhadores que utilizam a referida ferramenta.

Sua primeira sede foi no Bairro da Boa Vista, na Rua da Glória, e lá se manteve durante 70 anos, o que lhe rendeu o carinhoso apelido “Leão da Boa Vista”. Atualmente a sede de Lenhadores se localiza na Mustardinha.

A Agremiação tem como cores oficiais a verde, a branca e a vermelha e seu símbolo oficial são dois machados entrecruzados. O Clube ainda possui um frevo próprio chamado “Canhão 75.” Tendo à frente do clube o Sr. Álvaro José dos Santos, o Lenhadores possui dezenas de títulos no Concurso de Agremiações Carnavalescas e vem mais uma vez desfilar nas ruas do Recife neste Carnaval 2017.

Endereço: Rua Moçambique, 160, Mustardinha, Recife

Contato: (81) 3422.6214

Email: joseleonciocb@gmail.com

CLUBE CARNAVALESCO MISTO PÁS DOURADAS

Foi fundado em 19 de março de 1888, no bairro de São José, por um grupo de carvoeiros que trabalhava no Porto do Recife. Inicialmente foi batizado como Bloco das Pás de Carvão, em homenagem aos seus instrumentos de trabalho. Em 1890, muda o nome para Clube Carnavalesco Misto Pás Douradas.

O Clube traz as cores oficiais, verde, amarela e vermelha e tem como símbolo as emblemáticas pás de carvão amarelas ou douradas. A Agremiação possui um hino chamado Sua Excelência o Clube das Pás, de autoria do maestro Evanildo Maia.

O Clube das Pás promove em sua sede, localizada no bairro de Campo Grande, famosos bailes e noites dançantes, eventos muito conhecidos na cidade. A Agremiação já conquistou dezenas de títulos no Concurso de Agremiações Carnavalescas nos carnavais do Recife e tem em seu comando o Sr. Rinaldo Alves Lima.

Endereço da sede: Rua Odorico Mendes, 263, Campo Grande, Recife

Contatos: (81) 3426.1741 / 98851.8659 (D. Josefa)

CLUBE CARNAVALESCO MISTO ARRASTA TUDO

O Clube Carnavalesco Misto Arrasta Tudo foi fundado em 08 de março de 1937, no bairro de Beberibe. Seus fundadores são Manoel Pinto Ferreira, Alzira Pinto Ferreira, Waldemar Gomes (primeiro presidente), Amaro Frutoso, Henrique Rido e Alberto Moraes.

O Clube tem suas origens na Troça “Meninas de Ouro” que em 1936 desfilava pela comunidade de Beberibe cantando frevo-canção e arrecadando dinheiro dos moradores para custear a bebida e a comida dos participantes durante o carnaval. Essa característica peculiar fez com que a agremiação fosse conhecida como “Arrasta Tudo”, nome assumido em 1937. Em 1947, a agremiação substitui os instrumentos de pau e corda por uma orquestra de frevo de rua e em 1997 passa da categoria de Troça para Clube.

O Arrasta Tudo tem como cores oficiais a azul e a branca e como símbolo dois ciscadores, instrumento de limpeza que serve para arrastar a sujeira. Ainda possui músicas

próprias gravadas, senda a mais conhecida o frevo com o mesmo nome da agremiação, composto por Roberval de Souza. Seu presidente é Ederlon Gomes da Silva.

A agremiação desfila com integrantes da comunidade de Beberibe e adjacências (Dois Unidos, Caixa D’água, Águas Compridas, Aguazinha e Linha do Tiro), percorrendo seu bairro sempre na terça-feira de carnaval. O Clube ainda se apresenta no Concurso de Agremiações Carnavalescas no qual já conquistou inúmeros títulos.

Endereço: Rua Adalberto Elias da Costa, 92, Beberibe, Recife

Contatos: (81) 3449.2092 / 3449.8721 / 98630.1539

Email: ederlonmais212@gmail.com

CLUBE CARNAVALESCO MISTO TRANSPORTE EM FOLIA

O Clube Carnavalesco Misto Transporte Em Folia foi fundado em 20 de setembro de 1936 como Troça Carnavalesca Mista pelo Sr. Elizário Lessa de Alcântara, falecido em 2002 e sempre lembrado com muito orgulho como babalorixá e carnavalesco. Atualmente a agremiação é presidida por Edleuza Maria Ramos Silva.

A Troça surgiu após uma corrida de saco realizada na estiva onde Sr. Elizário trabalhava, da qual foi campeão, e durante a comemoração resolveu fundar uma agremiação para sair durante o carnaval no bairro de Afogados. Confeccionou um estandarte nas cores verde, vermelha e amarela, com o desenho de um caminhão carregado de açúcar no centro, e assim Transporte em Folia desfilou pela primeira vez.

Um momento de grande satisfação ocorreu na década 80, quando a agremiação passou para a categoria de Clube de Frevo, pois já havia conquistado diversos campeonatos enquanto Troça. Outro fato que marcou a história do Clube foi um frevo que Maestro Nunes compôs para o fundador da agremiação, intitulado “Elizário no Frevo“.

O Clube Transporte em Folia participa do Concurso de Agremiações, mas é no dia 20 de setembro que toda a comunidade participa da agremiação, ao comemorar seu aniversário com um grande bingo, finalizando com um desfile pelas ruas do bairro.

Endereço: Rua Vila Miami, 43, Afogados, Recife

Contatos: 98317.1493 / 98328.2768

CLUBE CARNAVALESCO MISTO MARACANGALHA

O Clube Carnavalesco Misto Maracangalha foi fundado em 6 de setembro de 1958, no bairro da Torre. Os fundadores, João Correia de Lima e Rubem João da Silva, com o intuito de animar o carnaval do bairro, criaram a agremiação que inicialmente se chamava “Agripina”. No entanto, em virtude do sucesso da música “Eu vou pra Maracangalha”, de Dorival Caymmi, os fundadores propuseram a mudança do nome e a Troça passou a se chamar Maracangalha.

Dez anos depois de sua criação, a família de Rubem João da Silva se muda para o bairro do Ibura e a agremiação passa a desfilar pelas ruas da comunidade do UR-02 onde permanece há quase 50 anos como uma tradição do carnaval dessa localidade.

Em 2000, devido ao seu crescimento e vitoriosas participações no Concurso de Agremiações Carnavalescas, organizado pela Prefeitura do Recife, os diretores resolveram mudar de categoria e a agremiação deixou de ser troça para se apresentar como Clube Carnavalesco Misto Maracangalha. Vale destacar que nesse referido concurso o Clube conquistou vários títulos. Atualmente o clube é presidido por Edna Correia da Silva.

A agremiação tem como cores oficiais a amarela e a vermelha; o símbolo que exibe em seu estandarte é o de uma mulher em uma praia, que lembra a de Maracangalha, no litoral de Salvador (BA), local que serviu de inspiração para a música que deu nome à agremiação.

Endereço: Rua Guaratuba 6, UR-02, Ibura, Recife

Contatos: (81) 98342.8122 / 3475.1495 (81) 98504.4759

Email: rosanecorreia43@gmail.com

CLUBE CARNAVALESCO MISTO REIZADO IMPERIAL

O Clube Carnavalesco Misto Reizado Imperial foi fundado como Troça Carnavalesca, no dia 11 de janeiro de 1951, na Bomba do Hemetério, bairro de Água Fria. Foram seus fundadores: Geraldo de Almeida, José Cabral Filho, Arnaud Henrique, Augusto José de Souza e João José dos Santos. Como Troça Carnavalesca, o Reizado Imperial foi por três anos consecutivos (1973, 1974 e 1975) vice-campeão do Concurso de Agremiações Carnavalescas. Em 1987, por opção de seus sócio-fundadores, a agremiação passa à categoria de Clube Carnavalesco, obtendo no ano de 2002 o vice-campeonato e em 2003 o título de campeão do Concurso de Agremiações Carnavalescas.

A agremiação tem como símbolo um Rei, representando o personagem do Reisado, manifestação do Ciclo Natalino, e como cores oficiais a vermelha, a amarela e a azul.

O Clube Reizado Imperial tem à sua frente Sergio Alves de Almeida, filho de Geraldo Almeida, o carnavalesco mais antigo em atividade, grande mestre da cultura popular, figura de destaque na preservação e divulgação das manifestações culturais de Pernambuco.

Endereço: Rua Arapixuma, 84, Bomba do Hemetério, Água Fria, Recife.

Contato: (81) 3038.8235 / 98407.3839 / 3075.6929

CLUBE CARNAVALESCO MISTO PÃO DURO

O Clube Carnavalesco Misto Pão Duro foi fundado no dia 16 de março de 1916. Em pleno domingo de sol, um grupo de rapazes resolveu aproveitar a praia do Pina. Sentindo fome, foram à procura de comida na padaria do bairro. Os rapazes encontraram apenas pão velho, já duro, que antigamente era chamado de “marroque”. Sem opção, eles compraram esses pães e saíram comendo. Um dos rapazes, fazendo graça, colocou o pão numa vara, saiu pulando e cantando pelas ruas. De imediato o grupo teve a ideia de fundar uma troça carnavalesca com o nome de Pão Duro.

A agremiação participou do carnaval em 1917, com seu primeiro estandarte de lona, pintado nas cores vermelha e verde, mostrando ao centro um emblema com escudo de armas de Pernambuco e dois anjos ladeando um pão. Em 08 de outubro de 1993 passa da categoria Troça para Clube Carnavalesco, mantendo seus símbolos e cores oficiais.

O Clube possui músicas próprias como a marcha nº 1, “Fogão”, e sua marcha regresso, “A Chave e um Segredo”, ambas compostas por José de Barros e Sergio Lisboa.

A primeira sede de Pão Duro foi no bairro do Cabanga e atualmente está situada no bairro de São José. Seu presidente é o Sr. José Levino Xavier dos Santos. Durante sua trajetória nesses quase 101 anos, o clube tem sido de grande importância histórica para o carnaval do estado, tendo conquistado até hoje vários títulos no Concurso de Agremiações Carnavalescas promovido pela Prefeitura do Recife.

Endereço: Rua Lourenço da Silva, 61, São José, Recife

Contatos: (81) 98776.4569 / 98538.9252

CLUBE CARNAVALESCO MISTO PAVÃO MISTERIOSO

O Pavão Misterioso foi fundado em 15 de Maio de 1975, no bairro de Peixinhos, Olinda. Inicialmente concebido como uma troça carnavalesca, tornou-se clube em 1989. Criado por Wellington de Santana e sua esposa Marília de Santana, com o intuito de animar o bairro de Peixinhos durante o carnaval, ganhou este nome em razão do grande sucesso da música e da novela Pavão Misterioso.

Em 1990, quando Jorge Luiz Sérgio de Aquino conhecido como Bicão, assume a presidência, o Clube é transferido para o bairro do Ibura, onde se localiza até hoje.

O símbolo da agremiação é o próprio Pavão e suas cores oficiais são o rosa, verde, amarelo e vermelho. Campeão em vários Concursos de Agremiações, o Clube possui um frevo composto pelo Maestro Nunes especialmente para ele, chamado o Bonitão. Não possui sede própria.

Endereço: Rua Missionário Joel Carlson, nº 5, Ibura, Recife

Contatos: (81) 98642.4269 / 98568.8184 / 3422.0222

CLUBE CARNAVALESCO MISTO VASSOURINHAS

Fundado em 06 de janeiro de 1889, seu nome tanto remete ao ofício do varredor quanto ao sentido de sair “varrendo” as ruas com seu destino. A agremiação foi fundada no bairro de São José, onde permaneceu a maior parte de sua existência. Por isso ganhou o carinhoso apelido de Camelô de São José.

Tem como cores oficiais, a amarela, a azul e a branca e como símbolo a vassoura. A “Marcha nº 1 de Vassourinhas”, composta por Mathias da Rocha com letra de Joana Batista, é uma das músicas mais executadas do carnaval pernambucano e já foi levada pelo próprio clube para diversos outros estados, com a função de divulgar a cultura pernambucana e, consequentemente, o frevo.

O Vassourinhas é detentor de inúmeros títulos de Campeão no Concurso de Agremiações, desfila no carnaval do Recife, e ainda se apresenta na comunidade de Afogados. Seu atual presidente é o Sr. José Gouveia dos Santos.

Endereço: Rua Benjamim Torreão, nº 17 B – Travessa 2, Afogados, Recife

Contatos: (81) 3428.1438 / 98521.3775