Foto: Clélio Tomaz/PCR

Em consonância com a decoração do Carnaval do Recife, a decoração do 53º Baile Municipal terá ambientação feita à base de grafite. O artista escolhido para a missão foi Adelson Bóris, nome à frente da Cores do Amanhã, ONG que atua com fortalecimento do atendimento às crianças e jovens da Região de uma forma mais inclusiva e ocupacional através das artes de rua.

O desafio proposto a Boris foi o de confeccionar dois painéis para a entrada do Baile, nas medidas de 6M de largura por 3M de altura, sendo um deles afixado na área do estacionamento e outro já próximo à entrada, onde os foliões poderão parar para fazer suas selfies carnavalescas. Como tema, Bóris irá retratar as manifestações indígenas e afro presentes na folia, como afoxés, maracatus e caboclinhos executados em uma paleta de cores vivas como verde, amarelo, azul, vermelho, preto e branco.

Túnel de obras em grafite saúdam foliões

Outra grande novidade da decoração de 2017 são dois túneis temáticos de acesso pelos quais os brincantes passarão obrigatoriamente para acessar o Classic Hall. Em suas paredes, que receberão iluminação especial, estarão em exposição oito obras especialmente realizadas por cada um dos artistas urbanos que integram o circuito do Grafite do Carnaval 2017. São eles: Coletivo Vacilante, Bozó Bacamarte, Galo de Souza, Manoel Quitério, Karina Agra e Jota Zeroff (Carnaval do recife e Polos), Além de Flávio Barra (responsável pela alegoria do Galo da Madrugada) e Bóris, que assina o Municipal.

Cada túnel funcionará como uma mini-galeria onde estarão expostas quatro telas nas dimensões de  2m X 1,30m com temática momesca. As obras também terão suas imagens projetadas no telão ao longo do Baile e, no período pós-Carnaval, essas obras serão leiloadas e sua renda será revertida para as instituições beneficiárias do Baile Municipal.