Foliões lotam polo do Arsenal para curtir programação diversificada na folia

< Anterior  Próxima >
Foto: Brenda Alcântara/PCR

A última noite de Carnaval reuniu milhares de foliões no polo da Praça do Arsenal. Um mistura de ritmos embalou o público através das manifestações artísticas apresentadas nesta terça-feira (25). Para abrir a noite, Lia de Itamaracá tomou conta do público com sucessos da ciranda, maracatu, coco e cavalo marinho. E uma das apresentações mais esperadas foi a banda Francisco, El Hombre, que esbanjou interação com o público e trouxe muita consciência através das suas canções.

Inspirados numa fusão entre a batucada e a música latina, a Francisco, El Hombre exaltou a mulher como protagonista da sua própria história, a resistência do povo brasileiro e a importância dos movimentos sociais. “É gratificante poder estar na programação oficial do carnaval do Recife. Tocamos há quatro anos no palco do Rec Beat e agora temos a satisfação de trazer nossa mensagem a esse polo diversificado, com muita alegria, consciência de classe e empoderamento”, comentou Mateo Piracés-Ugarte, um dos vocalistas da banda.

Na noite, também estiveram no palco, artistas como Lia de Itamaracá, Siba, Banda de Pau e Corda,  André Rio e outros. O folião Marçal Gonçalves esteve com seu filho de 8 anos no polo e exaltou a importância do Carnaval inclusivo. “Atrações como Francisco, El Hombre e Siba fazem toda diferença no atual cenário que vivemos. O Carnaval é uma festa de todos ” pontuou o recifense.

O pernambucano Siba também abrilhantou a noite dos brincantes com as canções do disco Avante e exaltou a importância dos trabalhadores que fizeram o carnaval do Recife acontecer. “Que a gente saiba dar o valor pra essa galera que pega pesado para viabilizar a festa. É importante lembrar que toda vez que eu dou um passo, o mundo sai do lugar”, finalizou o artista com muita euforia.

Foto: Brenda Alcântara/PCR