Majestade da folia, Alceu faz o Marco Zero dançar e cantar em coro

< Anterior  Próxima >
Diego Nigro/PCR

Se há uma pessoa que pode ser chamada de rei dos vários carnavais que já comandou, este é Alceu Valença. Na noite de encerramento do Carnaval 2020, nesta terça-feira (25), o “maluco beleza” fez o Marco Zero lotado cantar seus sucessos, mostrando quem é que manda na folia.

Durante coletiva antes de subir ao palco, Alceu disse que nem sente mais frio na barriga por carregar essa responsabilidade de levantar a galera no fim dos quatro dias de festa. “Sinto frio nada, sinto é uma vontade grande de cantar! E vou cantar maracatus, frevos e cirandas, pelo grande respeito que tenho pela nossa cultura tão plural”, afirmou.

No palco, ele deu início ao espetáculo com “Bicho Maluco Beleza” e emendou com “Diabo Louro”, “Vampira”, “Maracatu”, “De Janeiro a Janeiro”, “Pirata José”, “La Belle du Jour”, “Anunciação”, “Morena Tropicana” e inúmeros outros sucessos carnavalescos.

Logo antes, o também pernambucano Lenine se apresentou para o público com um set list que homenageou os 21 anos do disco “Na pressão”. Com uma pegada bem rock, Lenine instigou a galera do Marco Zero como fizera no dia anterior no polo Alto José do Pinho, tocando músicas como “Jack Soul Brasileiro”, “Dois Olhos Negros”, “Na rede” e “Paciência”.

Leo Motta/PCR