Caboclinhos mostram espetáculo de cores, ritmo e integração social

< Anterior  Próxima >

Os caboclinhos sempre oferecem belos espetáculos de cores, música e exemplos de integração social. É o que foi demonstrado mais uma vez no Concurso de Agremiações Carnavalescas, que ocorreu nesta terça (5), último dia de Carnaval. 

No início da noite, o evento começou com o desfile de oito tribos do Grupo 01, que tiveram 15 minutos cada para se apresentar. Em seguida foi a vez das nove tribos do Grupo Especial, que dispuseram de 20 minutos para mostrar suas evoluções. Essa manifestação popular é ligada a cultos indígenas como a Jurema. “No sábado, a gente vai pra casa da nossa mãe de santo, que dá um banho de limpeza na gente como preparação para o Carnaval, pra não acontecer nada de mau”, explica Jaílson Silva, integrante do Caboclinhos Carijós de Goiana.

O terno, ou conjunto musical que acompanha os grupos, é sempre formado por homens, responsáveis por tocar instrumentos tradicionais como flauta, maraca, surdo, caixa e, em alguns casos, atabaque. “Pra tocar, tem que ter a ciência na cabeça, boa vontade e perseverança”, explica Alexandre Lins, que é tocador de flauta no Caboclinho Tupã há três anos. Além de melodias tradicionais, também há espaço para improvisação. “Aí depende do caboclo, do que ele mandar a gente fazer”, diz, referindo-se à entidade sobrenatural.

Homens e mulheres jovens, além de crianças, participam como caboclos e caboclas, executando vibrantes coreografias, acompanhadas pelo estalido de arcos e flechas de madeira (preacas). Alguns dos movimentos exigem grande habilidade e resistência física dos dançarinos.

Moradora do bairro da Mangueira, Érica Fernanda Torres era uma das integrantes que mais chamavam atenção na Tribo de Caboclinhos Tupi, pela desenvoltura na avenida. Ela encarnou a personagem “A índia guerreira, a mais bela da tribo”. “Faço muito exercício, mantenho uma boa alimentação e também ensino na escolinha da tribo”, explica a moça, a respeito da sua preparação. Érica é neta do fundador do Caboclinho, Valdemar Souza de Oliveira. 

O resultado de todo os vencedores do Concurso de Agremiações Carnavalescas será divulgado nesta quinta (7), no Pátio de São Pedro.